Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

D r e a m F a c t o r y

D r e a m F a c t o r y

09.01.19

Panela de Pressão

DreamFactory

Zanga-te com os comportamentos, não com as pessoas.

Não desligues o teu amor, o teu carinho, o teu respeito, pelos Teus porque alguma coisa que fizeram não foi o que esperavas.

Se vale a pena, se te faz sentido, fica, fala, explica e em vez de apontares o dedo, olha para dentro de ti e partilha o que aquela opção te fez sentir.
O Gesto, não a Pessoa.
Entende que são coisas diferentes e que da mesma forma que desta vez não foi o que esperavas, já existiram outras onde superaram as tuas expectativas.
As pessoas são muito mais do que apenas alguns dos seus comportamentos.

Sei que estás triste e que a raiva e a mágoa andam por perto...mas se realmente é importante para ti, então fica, respeita, olha nos olhos, abraça, ouve e fala.
Ouve o teu apito e age, não deixes transbordar a panela das tuas dores, não deixes que fique tão cheia que a única solução seja deitar por fora.
Não esperes que passe...Age!

Partilha o que estás a sentir, zanga-te até se for preciso, mas não abandones as tuas pessoas, não lhes vires as costas.

Permanece presente para que entendam e sintam, que ainda que o gesto te tenha magoado, a essência do teu amor continua lá...e por essa vale sempre a pena lutar.

imagesBJ38S0VB.jpg

06.08.17

Borboletas na barriga...

DreamFactory

O amor é como uma montanha russa, no inicio são aquelas borboletas na barriga que nem te deixam respirar bem, aquela subida lenta, como olhos que dançam e se enroscam, depois aquela descida maluca que te tira o chão e a razão e te faz perder o tempo e o espaço, aquele beijo que faz com que nada mais importe.

Com o tempo entras no looping dos dias, umas vezes lá em cima outras vezes em carris opostos.

Se por um lado há a confiança de conhecer o caminho, sentes por vezes que aquelas borboletas estão meio adormecidas mas há a serenidade de que podes ser tu, transparente, com o teu melhor e o pior e ainda assim vais continuar a ter quem te dê a mão quando a curva for mais apertada e te fizer perder o pé.

casalnaMontanhaRussa.jpg

 

09.07.17

Nunca é tarde para Recomeços…

DreamFactory

Vivo a recomeçar, quase todos os dias.

Não tomo nada por garantido e sei que tão depressa como se sobe e se está rodeado de tudo, também a solidão nos abraça num piscar de olhos.

Sei que quando a tempestade aperta, os que ficam para ajudar a levar o barco, os que conseguem e querem ver além das máscaras que trazemos, os que mais do que falar, fazem, os que dão sabendo que dificilmente vão receber, se contam pelos dedos de uma mão.

Entendo e cada vez cobro menos, sei que é assim para cada um de nós…que à medida que vamos crescendo, vamos ficando cada vez mais sós…que à medida que o tempo passa, vamos avançando na fila.

Há dias de descrédito, mas felizmente há mais dias de luz, em que agradeço muito por esta mão cheia das minhas pessoas, por me terem ensinado o valor do trabalho, da palavra, da compaixão, da humildade, do amor, de acreditar em mim, nos outros e no dia de amanhã.

Dias em que agradeço a curiosidade, o querer saber, aprender, ler, evoluir, ser…

Por agora só quero um dia de cada vez e esta certeza absoluta de que amanhã vai ser um dia melhor…

mesmonolodoeuacredito.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D